Com a falta do Inglês, empresas gaúchas buscam profissionais em outros estados

Uma pesquisa recente da Michael Page, empresa especializada em recrutamento executivo de média e alta gestão, mostra que mais da metade (70%) das empresas da região Sul considera difícil encontrar profissionais de elevado nível hierárquico no Estado. O levantamento, que ouviu mais de 900 profissionais do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, constatou que 65% das empresas têm se organizado para melhorar os pacotes de remuneração e benefícios com o intuito de se tornarem mais atrativas para o público que pretendem trazer para o quadro funcional.

Em boa parte das situações apontadas pelo estudo, a questão não se volta para a qualidade dos profissionais locais, mas sim para a quantidade, alerta a gerente executiva da Michael Page, Patricia Tourinho. “Existem profissionais excelentes no Sul”, salienta. O ponto crucial é a formação de pessoal, que, aqui, não tem acompanhado a necessidade das empresas, pontua. “Até pouco tempo, empresas de maior abrangência contratavam um único diretor comercial para toda a região Sul. Hoje, as companhias têm sentido a necessidade de manter um diretor para cada estado”, exemplifica, mencionando a área citada pelos entrevistados como a mais crítica.

Apesar de a pesquisa apontar setores estratégicos, gestores de multinacionais do Rio Grande do Sul que participaram da pesquisa ouvidos pela reportagem do Jornal do Comércio colocam a fluência em idiomas como principal barreira na contratação de profissionais locais. A diretora de Recursos Humanos da Midea Carrier, Adriana Assis, assegura que a formação dos gaúchos não é problema, mas considera difícil de contornar a ausência do inglês em nível avançado, condição inerente para um profissional de nível executivo em uma multinacional.

Na Dana, multinacional da cadeia de autopeças, a situação é a mesma. O gerente de Recursos Humanos, Disneu Santiago Junior, salienta que a empresa sempre busca contratações locais, até porque trazer profissionais de fora tem custo e exige um tempo de adaptação. O ponto citado como um dos mais críticos por ele quanto aos profissionais locais é a fluência em língua estrangeira. As demais dificuldades que a empresa enfrenta, comenta Junior, são com relação a exigências muito específicas, mas que têm diminuído cada vez mais, tornando viável a contratação de gaúchos em qualquer área de atuação da multinacional.

Já Adriana, à frente da diretoria de RH da Midea Carrier, diz que a dificuldade persiste. “Não vejo nenhuma movimentação nesse sentido”, ressalta. A experiência de Adriana, que também é professora de MBA da ESPM, é comprovada diariamente. “Convivo com jovens e pessoas de meia idade que estão no mesmo mercado em que eu contrato e noto que são poucos dos meus alunos têm fluência no inglês.”

Os gestores de RH destacam que as multinacionais em que atuam têm baixo “turnover”, o que demonstra a preocupação em consolidar modelos que garantam a manutenção da mão de obra na empresa. Ainda assim, eles mesmos, que vieram de fora do Rio Grande do Sul — o gerente de RH da Dana é paulista e a diretora de RH da Midea Carrier é paranaense — são prova de que a qualificação elevada faz diferença, mas não é tudo no currículo ideal das grandes empresas. O inglês fluente conta muitos pontos a favor.

Fonte: Jornal do Comércio – 22/09/2014 

Texto de: Marina Schmidt


A Ponto Certo e a LTC estão oportunizando em Caçapava um ensino inovador de Inglês, existente há mais de 70 anos na Europa.

– Você aprende inglês em um 1/4 de tempo em relação as escolas tradicionais;

– É a única escolha acreditada pelo Método Callan no Rio Grande do Sul;

– Você é preparado para Certificações a nível mundial;

– Quer mais? Não há lições de casa e atividades extra-classe. Você aprende em sala de aula, falando até 12 vezes mais do que habitualmente se trabalhar em escolas de idiomas.

– Estamos te esperando!

Leave a Comment

Invalid fields Required fields

Ponto Certo Soluções em TI

Rua Gal. Osório, 911
Centro - Caçapava do Sul - RS
CEP: 96570-000

55 3281 1806

www.pcerto.net

contato@pcerto.net

Webmail

Usuário:
Senha:
   
 

Curta!

© 2013 www.pcerto.net